Sistema CECRED adota TV Corporativa e conquista o engajamento de colaboradores e cooperados

A solução da Teclógica facilitou a divulgação de informações internas e com os cooperados das Cooperativas Filiadas.

Com o objetivo de fortalecer a comunicação das cooperativas filiadas com seus cooperados, além de realizar ações de endomarketing e tornar a comunicação interna mais ágil e eficaz, o Sistema CECRED implementou a solução de TV Corporativa da Teclógica chamada Mobuss TV nas cooperativas CredCrea, Credicomin, Credifoz e Crevisc. Hoje, possui 21 pontos divididos entre a central e as cooperativas singulares e existem planos para a expansão do projeto.

O Sistema CECRED é formado por 13 Cooperativas de Crédito, além da Cooperativa Central de Crédito Urbano (CECRED), com sede em Blumenau (SC). Com 15 anos de tradição em cooperativismo financeiro, está presente em 55 municípios de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, por meio de 156 Postos de Atendimento.

“Implementamos a TV porque sentíamos a necessidade de aproveitar melhor o período de espera dos cooperados nos Postos de Atendimento, impactando–os com informações institucionais e de produtos”, explica a analista de GP da Central Cecred, Denise Cassal.

Ela afirma ainda que outro fator determinante para a implementação do projeto foi a dificuldade que a Central sentia de gerar engajamento com o público interno, pois até então utilizavam a intranet e o mural nas copas, que não eram atrativos.
A facilidade de expandir o diálogo da empresa por meio da tecnologia que a solução trouxe para a CECRED foi fator relevante na hora de optar pelo produto da Teclógica.

“A possibilidade de poder trabalhar com programações específicas para comunicação interna, endomarketing e comunicação com os associados, estabelecendo sua periodicidade e tempo de exibição de acordo com o desejado pela cooperativa, torna a solução prática de ser utilizada e gerida”, ressalta a diretora de Produtos, Adriana Bombassaro Alexandre.

Tudo isso sem depender de conexão on-line, pois a conexão só é necessária no momento de renovar uma programação ou campanha. Denise reforça que apesar de não terem feito uma pesquisa de satisfação com o público interno sobre a solução, é possível observar que os colaboradores acompanham assiduamente os programas.

“Os classificados são uma forma de medirmos a participação, pois sempre gera negócios entre os colaboradores” destaca.

Denise ainda salienta que, como não há mais necessidade de imprimir os materiais de endomarketing que antes eram disponibilizados nos murais das copas, houve redução de custos com papel e impressões.

(Por redação)

Fonte: Inforchannel

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *