Segurança de dados: atitudes necessárias em tempos de crise

Em situações de crise como a pandemia da COVID-19, as empresas precisam apostar no meio virtual. A solução é migrar para as ferramentas digitais, a fim de minimizar os efeitos da crise. E tudo deve ser feito com cuidado para garantir a segurança de dados online.

É fundamental que as informações dispostas no ambiente digital estejam protegidas para que não caiam nas mãos de qualquer pessoa, prejudicando o sigilo e a privacidade dos dados. Além disso, é extremamente importante que esses dados estejam organizados, para que todos os envolvidos possam ter fácil acesso e controle sobre eles.

Neste artigo, vamos mostrar a importância de garantir a segurança de dados e quais atitudes você pode tomar para  estabelecer esse processo. Boa leitura!

Por que a segurança de dados é tão importante?

Antes de tudo, é necessário entender que a segurança de dados é fundamental em qualquer negócio, independentemente se a empresa opera no meio online ou não.

Mas, com o isolamento social decorrente da pandemia da COVID-19, isso se tornou ainda mais necessário, já que muitas empresas iniciaram a migração de suas atividades para o ambiente virtual.

Em todo caso, é fundamental estar atento à LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais. A fim de evitar o uso indiscriminado e abusivo de dados pessoais dos cidadãos, as empresas devem agir em conformidade com as novas regras para coleta, armazenamento e tratamento desses dados.

Além disso, com a digitalização das operações, é crucial garantir a cibersegurança para evitar acidentes virtuais, como:

  • Vazamento de dados;
  • Fraudes;
  • Roubos;
  • Invasões aos sistemas empresariais.

Quais atitudes tomar para garantir mais segurança?

Diante da importância da segurança de dados, veja 4 das principais atitudes que sua empresa deve tomar:

1. Tenha profissionais atentos ao direito digital

Empresas lidam o tempo todo com um grande volume de dados estratégicos. Por isso, uma das melhores formas de garantir a segurança desses dados é investir na sua equipe. Os profissionais do setor jurídico, por exemplo, devem estar atentos às novas tendências e ao correto uso das ferramentas tecnológicas.

Nesse contexto, é importante que o jurídico esteja inteirado sobre as questões do Direito Digital. Da mesma forma, os profissionais de TI devem ser capacitados e estar atentos aos cuidados com a segurança da informação.

E mais do isso, é necessário inserir todos os funcionários em uma forte cultura de proteção de dados, gerando conscientização e engajamento.

2. Utilize diversos tipos de controle de acesso

Para que os dados da sua empresa não caiam nas mãos de qualquer pessoa, uma boa prática é usar controles de acesso. 

Existem várias formas de fazer isso. Uma delas é sempre adotar o uso de senhas fortes. Outra atitude importante é restringir o acesso somente à pasta de documentos necessários para que o funcionário possa desenvolver o seu trabalho. 

Outra opção é utilizar criptografia nos arquivos, um recurso de segurança que utiliza algoritmos para tornar os dados inelegíveis, só podendo ser decodificados por quem possui a chave de acesso.

Inclusive, a criptografia é muito útil para garantir a segurança das assinaturas digitais, realizadas em contratos e documentos online.

3. Busque auxílio de soluções digitais seguras e confiáveis

A tecnologia pode ser uma grande aliada para garantir maior segurança dos dados. Embora o próprio meio online seja um ambiente propício para os cibercrimes, as ferramentas tecnológicas evoluem continuamente para garantir a segurança da informação.

Por isso, é necessário buscar o auxílio de soluções digitais que sejam seguras e confiáveis. Para lidar com os dados de contratos e documentos jurídicos, por exemplo, existem softwares especializados.

Com eles, você pode digitalizar a documentação e armazenar os dados em nuvem, além de garantir mais segurança jurídica e sigilo na troca de informações.

4. Facilite a segurança de dados centralizando as informações

Pode não parecer, mas uma das atitudes que mais contribuem para a segurança de dados é a organização. Ao manter tudo organizado, você tem mais controle sobre as informações, além de um acesso mais fácil e rápido.

Para isso, uma boa dica é concentrar dados e informações em uma só plataforma. Assim, você melhora o fluxo de trabalho, ganha mais agilidade no tratamento dos dados, padroniza processos e, claro, garante a proteção das informações dentro de um ambiente seguro.

E agora, está mais preparado para garantir a segurança de dados na sua empresa, mesmo em tempos de crise? Para receber mais conteúdos como esse em primeira mão, assine a nossa newsletter!

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *