ROO: como medir o retorno dos objetivos no digital signage?

Diversas empresas têm adotado o digital signage como um aliado para comunicar, entreter, informar ou divulgar a informação. Os benefícios oferecidos por esse sistema de sinalização justificam o fato. Segmentação assertiva de públicos e personalização do conteúdo, maior poder de alcance, aumento de visibilidade da marca, recursos dinâmicos e até engajamento interativo da audiência são os principais deles.

O interessante é que qualquer negócio pode aproveitar as vantagens da sinalização digital, independentemente de seu porte ou segmento de atuação. A estratégia se torna ainda mais efetiva com a medição inteligente de resultados, aplicando o ROO.

Vamos entender o que a sigla significa e quais impactos pode trazer ao negócio, a seguir!

 

ROO: conceito e aplicabilidades

O ROO é a forma simples de chamar o retorno de objetivo (em inglês, Return On Objective). É a alternativa útil à medição do ROI (Return On Investment), se tratando do resultado obtido através das campanhas de sinalização digital.

A diferença entre ROO e ROI é simples. Enquanto o ROI envolve uma comparação entre o investimento realizado e os retornos numéricos obtidos através de uma ação, o ROO destina-se à resultados não tangíveis, como o aumento da performance de colaboradores, maior engajamento do público ou melhorias estruturais internas.

O que acontece é que nem sempre os resultados obtidos a partir de algum investimento são apresentados numericamente. Em estratégias de digital signage, por exemplo, às vezes, é preciso olhar para o todo e perceber que os ganhos obtidos através da TV Corporativa não são apenas financeiros.

Por isso, a análise do ROO é mais indicada para casos de sinalização digital. Justamente por adotar uma abordagem diferenciada, mais focada em questões qualitativas.

Ok, mas como calcular o retorno de objetivos em campanhas deste tipo?

Sabemos que a medição do ROO olha para propósitos que não estão diretamente ligados à geração de receita. Isso pode causar confusão na hora da aplicação e até da interpretação. Para facilitar o uso do método em suas operações, separamos 2 (duas) dicas importantes:

Tenha objetivos claros

Ao criar um plano de ação, tenha metas e processos bem estabelecidos. Para que o ROO ofereça, de fato, informações relevantes sobre suas campanhas, os objetivos precisam ser específicos e possíveis de medir.

É extremamente importante envolver todas as equipes que sofrem um impacto direto com a sinalização digital. Faça brainstormings envolvendo estes colaboradores para obter insights sobre os pontos que podem ser analisados.

Defina o que será medido

Depois de estabelecer os objetivos que farão parte da estratégia de análise, escolha o que será medido. Em outras palavras, onde você precisa buscar as respostas? Várias inovações tecnológicas como Machine Learning, Inteligência Artificial (IA) e Data Analytics são fontes importantes e têm muito a acrescentar à sua avaliação ROO.

Por fim, aqui vão alguns pontos que podem servir de inspiração para calcular o retorno de objetivos no digital signage:

  • Conscientização sobre algum produto e/ou serviço;
  • Processos de comunicação transparentes;
  • Rastreamento de projetos mais regular;
  • Otimização na entrega de experiência ao cliente;
  • Redução do tempo de espera;
  • Maior consciência de clientes sobre marca, campanhas ou iniciativas;
  • Níveis de satisfação com ações e eventos mais elevados;
  • Maior interesse de patrocinadores;
  • Redução no tempo de espera por atendimento;
  • Interesse por programas de atualização e treinamento.

A lista é longa e varia de acordo com o segmento da organização e os objetivos que se quer atingir. Para medir o ROO no digital signage, observe o que não pode ser registrado apenas numericamente. Enxergue valor ao invés de recursos financeiros.

A sinalização digital é muito mais do que apenas uma maneira de disponibilizar informações para um público específico. É uma método que tem a ver com a entrega de experiências positivas. As quais, por sua vez, precisam ser mensuradas para beneficiar todas as frentes.

Deseja ler mais sobre oportunidades para alavancar o desempenho da sua empresa? Veja!

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *