Quais são os principais riscos em um projeto de software?

A ocorrência de riscos em um projeto de software pode causar perda de recursos, tempo e dinheiro. Entre os principais estão:

  1. Não alcance dos requisitos do cliente;
  2. Criação de cronogramas e orçamentos não realísticos;
  3. Surgimento de imprevistos com os recursos.

Por esse motivo, todo o projeto deve possuir orientações previamente estabelecidas de procedimentos caso imprevistos ocorram, visando reduzir impactos e custos no desenvolvimento.

O processo de desenvolvimento de um software pode envolver alguns fatores de risco e, por esse motivo, é necessário ter muita cautela e um bom planejamento. Se os responsáveis não tomarem algumas medidas preventivas, erros podem ocorrer, comprometendo diversas etapas no desenvolvimento.

Por conta disso, neste post vamos apresentar quais são os riscos mais comuns em um projeto de software. Se você tem interesse nesse assunto, continue a leitura para saber mais!

Riscos em um projeto de software

Muitas vezes o investimento em um software está relacionado à busca por melhorias em processos, ampliação do ROI, redução de custos etc. Nem sempre esse é um fator determinante para a empresa se manter no mercado — ela pode continuar usando seus métodos já conhecidos, porém talvez não consiga aumentar os seus resultados com o passar do tempo.

Contudo, a elaboração e a execução de novos projetos podem apresentar riscos e incertezas, e esses fatores devem ser analisados cuidadosamente. A ocorrência de riscos pode ameaçar o plano de projeto, podendo atrasar o cronograma e aumentar custos. Sendo assim, é preciso focar em planejamento.

Para evitar incidentes, é necessário que os riscos sejam identificados, analisados e classificados. Eles podem ser divididos de acordo com seu tipo, garantindo a qualidade do que está sendo produzido.

Por mais que os gestores tenham feito um bom plano de execução, sempre existirão riscos em um projeto de software. Veja a seguir alguns deles:

1. Não alcance dos requisitos

A especificação dos requisitos deverá ser feita com consciência na fase de levantamento de dados, uma vez que, se não forem bem redigidos, eles com certeza causarão problemas. Isso pode fazer com que funções essenciais para o desenvolvimento sejam implementadas da maneira incorreta, o que colocará em risco toda a qualidade final desejada.

É importante saber o que o cliente espera do software e dos recursos oferecidos pelo sistema. Requisitos de maior complexidade deverão ser quebrados em partes menores, possibilitando melhor entendimento. Por fim, eles devem ser validados antes que o projeto comece a ser executado.

2. Criação de cronogramas e orçamentos não realísticos

O cronograma realista é uma ferramenta importante que um gerente de projetos precisa ter. Ele fornece um status e informações essenciais do que foi produzido, além de ajudar o gerente de projeto a identificar as necessidades de recursos de forma temporal. É interessante que esse cronograma seja representado visualmente para que os usuários acompanhem o andamento do projeto.

3. Surgimento de imprevistos com os recursos

É de extrema importância que a equipe tenha conhecimento do desenvolvimento do projeto e de suas etapas, e que os seus desenvolvedores tenham conhecimento das tecnologias definidas. Os riscos de habilidades se referem à competência da equipe em usar as técnicas escolhidas.

Os recursos podem ser modificados durante o andamento do projeto, desde recursos orçamentais até humanos. Mesmo que novos membros se incorporem à equipe, provavelmente necessitarão de tempo para se adaptar.

A importância da mitigação dos riscos

A mitigação dos riscos em TI auxilia os gestores de projeto a identificar os problemas, de forma que prepare a equipe para reduzir impactos causados por imprevistos. Isso é possível pois essa política dá ao setor de TI a capacidade de trabalhar de forma estratégica.

Para que um projeto tenha sucesso e sejam evitados problemas e prejuízos, é muito importante focar em planejamento, identificando os riscos mais comuns, sabendo como evitá-los e como solucioná-los. Para que a identificação dos riscos em um projeto de software seja feita de forma eficaz e precisa, é imprescindível também a integração da equipe e o alinhamento constante com as expectativas do cliente.

Agora que você está inteirado sobre os riscos em um projeto de software, aproveite sua visita ao blog para assinar a nossa newsletter. Dessa forma, você vai receber atualizações e ficar por dentro de todas as nossas dicas e novidades!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *