Qual é a importância da avaliação por competências para a equipe de TI?

O sucesso de uma empresa está diretamente ligado às capacidades técnicas, conhecimentos e habilidades daqueles que compõe a sua estrutura. Afinal, se as equipes trabalham bem, a empresa tende a seguir o mesmo caminho e obter bons resultados.

Quando falamos de TI, a lógica é a mesma: equipes competentes são sinônimo de trabalho eficiente. Não é à toa que os profissionais mais bem preparados, dotados de atributos pessoais e profissionais positivos, são extremamente valorizados no mercado.

Estar atento ao panorama da empresa, especialmente ao que se refere ao desempenho dos funcionários, é fundamental para garantir uma boa fluidez dos processos e a sua qualidade. Para isso, uma boa avaliação por competências dos colaboradores pode ajudar.

Quer saber um pouco mais sobre o assunto? Então confira o que separamos para o post de hoje!

O que é uma avaliação por competência?

De forma resumida, essa avaliação é um processo pelo qual reúnem-se evidências de desempenho e habilidades de uma pessoa a fim de compará-las às competências profissionais requeridas para determinadas funções.

Podemos dizer então que a avaliação por competências se baseia em uma identificação dos atributos de um indivíduo, com a finalidade de indicar se são compatíveis com uma função que ele exerce ou pretende exercer, buscando o contínuo desenvolvimento.

Por que é importante fazer uma avaliação nestes moldes?

A principal vantagem da avaliação por competências é tornar o processo mais minucioso, visto que, a partir dela, identifica-se habilidades específicas de cada indivíduo.

Assim, mesmo que um colaborador de TI não seja dotado de todas as competências exigidas, ainda é possível realizar o desenvolvimento para alcance dos objetivos.

A importância dessa avaliação para a TI se dá pelo fato de que existe, nesse setor, uma escassez de profissionais qualificados. Para se ter ideia, estudos revelam que a previsão é de que haja um déficit de cerca de 400 mil profissionais de TI até o ano de 2022.

Por isso, as empresas têm a necessidade de analisar com cuidado cada um dos seus colaboradores para aproveitar ao máximo as suas competências exatamente naquilo que podem ser mais produtivos e eficientes.

Como ela pode ser colocada em prática?

A avaliação por competências é um processo complexo e que envolve um conhecimento mais acurado sobre aqueles que atuam na empresa.

Listar as habilidades desejadas para cada função na TI é o primeiro passo — e também o mais simples, em razão da objetividade. Em seguida, deve-se buscar essas características nos membros da equipe. No universo da TI, os atributos geralmente mais desejáveis são:

  • domínio de tecnologias e inovações;
  • conhecimento técnico;
  • boas práticas de ITIL;
  • certificações;
  • conhecimento sobre negócios;
  • habilidades para trabalho em equipe;
  • fluência em inglês.

Além disso, na hora de realizar a avaliação, são necessários alguns cuidados, como:

  • as competências buscadas devem estar alinhadas com os objetivos da empresa;
  • o acompanhamento desses objetivos deve estar aliado a uma política de feedbacks construtivos;
  • a empresa deve entender a importância de evitar erros no processo de aperfeiçoamento das equipes;
  • os líderes devem se posicionar corretamente, servindo de exemplo e motivação para os colaboradores.

Por fim, a avaliação por competências tem muitas vantagens, especialmente para as equipes de TI, em razão da possibilidade de redirecionar cada colaborador de acordo com as suas competências e necessidades específicas de uma determinada função dentro de um projeto.

E você, já realiza essa gestão estratégia no seu negócio? Restou alguma dúvida ou tem alguma experiência pra compartilhar? Conte pra gente aqui nos comentários!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *