Por que investir em tendências de TI vale a pena?

investir em tendências de TIGestores de TI têm continuamente um grande desafio: estar sempre atualizados quanto à constante evolução das tecnologias e dos produtos que surgem a cada dia. Eles devem estar atualizados em relação às vantagens na competitividade, na oferta de um produto ou serviço de melhor qualidade, no menor custo dos processos e o mais importante: na maneira como a TI pode contribuir efetivamente para prover esse diferencial no negócio. Conhecer estas tendências pode levar nossa oferta de serviço a um nível além. Manter-nos alinhados com as soluções e tecnologias em evidência garante vantagem competitiva em um mercado cada dia mais agressivo.

Entendendo a TI como parte estratégica do negócio

Em Governança de TI, costuma-se mensurar a importância da TI para um negócio de acordo com parâmetros específicos, ligados à sua integração às áreas e aos rumos da empresa. Ela pode ter:

  • importância estratégica para o negócio: quando tem alto impacto nas operações chaves — aquelas realizadas no presente — e nas estratégias chaves — as que são voltadas para o futuro. Esse é o mundo ideal da TI;
  • importância fabril para o negócio: quando tem alto impacto nas operações chaves, mas baixo impacto nas estratégias chaves. Um cenário perigoso, pois, embora o dia-a-dia dependa das tarefas da TI, o futuro parece não contar com ela;
  • importância para tarefas de suporte: quando tem baixo impacto tanto nas operações quanto nas estratégias chaves. Nesse cenário, a Alta Gestão costuma enxergar a TI apenas como um centro de custos, não como um parceiro no negócio;
  • importância no papel de mudança: quando tem baixo impacto nas operações chaves, mas alto impacto nas estratégias chaves. Esse cenário indica um momento de mudanças, ou seja, um quadro em que a TI está se movendo em direção ao futuro e se tornando parte estratégica do negócio.

O primeiro aspecto para TI se colocar estrategicamente para o negócio é estar inserida em um papel de relevância nas atividades presentes e nos planejamentos para o futuro da empresa.

Por isso, para um gestor, investir em tendências de TI é estar preparado para se tornar parte essencial do sucesso de qualquer empreendimento, galgando posições cada vez mais consolidadas e tornando-o apto a oferecer produtos de ponta, alinhados com a dinâmica do mundo moderno.

Conhecendo para  investir em tendências de TI para os próximos anos

Ao tentarmos dar uma olhada para o futuro, rapidamente percebemos que todas as tendências tecnológicas convergem para um ambiente de mobilidade, flexibilidade e sobretudo, instantaneidade.

Isso significa que devemos captar tais tendências e nos alinharmos a elas. Assim, temos ferramentas para oferecer um produto de ponta, que atenda às expectativas de nossos clientes, e que, ainda por cima, nos capacite a atuar de forma cada vez mais efetiva na tarefa desafiadora de garantir disponibilidade e qualidade nos nossos serviços.

Quais seriam as tendências dessas transformações tecnológicas para os próximos anos? Algumas das principais são:

Malhas de Dispositivos

Pode ser entendida como um conjunto de pontos que nos permitem acessar aplicativos, informações e recursos para estabelecer comunicação, como dispositivos da IoT (Internet das Coisas) com:

  • pessoas;
  • sistemas;
  • dispositivos móveis;
  • aparelhos eletrônicos;
  • aparelhos automotivos;
  • dispositivos ambientais;

Impressão 3D

Sem dúvida, não é somente uma tendência, mas uma realidade. Dispositivos de impressão que são capazes de utilizar os mais diversos materiais, como ligas de níquel, tintas condutoras, ligas de carbono, vidro, etc.

Tudo isso tem sido de extrema utilidade nas mais diversas áreas, desde a saúde, tecnologia, robótica e farmacêutica até a construção de próteses para pessoas e animais.

Internet das Coisas

Hoje não estamos sozinhos na Internet. Dividimos a grande rede com nossos relógios, celulares, eletrodomésticos, carros e todo dispositivo que podemos imaginar.

A Internet das Coisas (também conhecida como IoT, sigla da expressão em inglês, Internet of Things) abre um mundo de possibilidades que podemos e devemos usar para agregar mais valor ao que temos a oferecer com solução de TI.

Aprendizagem avançada da máquina

A informação tem se tornado um bem extremamente precioso e, ao mesmo tempo, um desafio. A multiplicidade de equipamentos, programas e dados gerados torna impossível a análise e interpretação de informações que venham a proporcionar conhecimento e poder de decisão em tempo hábil e com precisão.

Algoritmos extremamente poderosos são desenvolvidos para formar as chamadas Redes Neurais — programas capazes de aprender e que formam uma complexa malha, muito semelhante ao sistema nervoso humano. Esta tecnologia, sem dúvidas, estabelece uma grande vantagem competitiva face ao seu grande poder de processamento da informação.

Arquitetura de Segurança Adaptativa

Hoje em dia, nossa vida praticamente está na nuvem. Nossos dados pessoais, informações, negócios e até mesmo o dinheiro que possuímos podem se tornar alvo de tecnologias hacker.

A solução tradicional de ter um antivírus instalado na nossa rede e requisitos padrões de segurança não fazem frente à inteligência empreendida por sistemas de captura de informações.

A tendência de segurança da informação tem nos levado a conceitos novos, a exemplo da:

  • autoproteção de aplicativos;
  • análise de comportamentos;
  • previsibilidade de ataques e outros.

O desafio para os próximos anos é se adiantar, entender o comportamento de softwares indesejados e antecipar possíveis tentativas de ataques, sejam os passivos — roubos de informação sem o conhecimento do usuário —, ou ativos — ataques deliberados para derrubar serviços.

Cada uma dessas tendências citadas leva os serviços de TI a um patamar bem mais alto de prevenção de incidentes, resolução de problemas de forma mais efetiva, além de serem grandes ferramentas para auxiliar no monitoramento de ativos de uma empresa.

Investir em novas tendências na área de TI nos proporciona, além dos benefícios citados, a condição necessária para que possamos nos dedicar à gestão propriamente dita, em vez de estarmos sempre “apagando incêndios”, por causa de tecnologias que já não atendem às novas demandas exigidas pela dinâmica do mundo moderno.

Dessa forma, deixa de ser uma questão de opção buscar ou não o alinhamento profissional com as novas tendências em TI, mas passa a ser realmente uma questão de sobrevivência, em um cenário cada dia mais competitivo e que se reinventa a todo instante.

Quais as principais tendências de TI que você acredita que despontam e trazem novos rumos para o futuro? Deixe um comentário: participe da conversa!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *