Outsourcing: vantagens e desvantagens

Quando os gestores de tecnologia da informação (TI) se encontram diante de planos que não conseguem executar com os recursos materiais e humanos que possuem, eles podem escolher entre dois caminhos diferentes: aguardar até que eles estejam disponíveis ou então seguir em frente com o outsourcing.

A segunda alternativa – que consiste em entregar tarefas a empresas terceirizadas – vem sendo frequentemente adotada pelos gestores que querem manter o foco nos processos principais de negócio. Não por acaso, o outsourcing movimenta quase 50% do total do mercado de serviços de TI no Brasil.

Mas, assim como qualquer outra decisão empresarial, o outsourcing tem seus prós e contras, que não podem ser esquecidos na hora de uma avaliação criteriosa. Conheça as principais vantagens e desvantagens dessa prática:

Vantagem 1: expertise

Na maioria dos casos, fazer o outsourcing de TI significa que sua empresa poderá contar com uma equipe especializada em solucionar problemas e ter acesso a tecnologia de ponta.

Dessa forma, ao invés de ter aquele funcionário “faz tudo” e investir periodicamente na renovação de hardware e software, você terá um parceiro que acompanha a evolução do mercado e que já conhece bem o caminho das pedras ao prover soluções de TI.

Desvantagem 1: integração

Quando sua empresa opta pelo outsourcing, é natural que sistemas, práticas e métodos adotados por cada uma das partes devam ser alinhados em um momento inicial.

Em alguns casos, o próprio cliente precisa se adaptar a um padrão de mercado. Em outros, o provedor da solução faz modificações para atender às demandas do consumidor. Independente da situação, alguns desafios e complexidades para integrar os sistemas certamente serão enfrentados.

Vantagem 2: economia

Quando comparado ao custo de uma equipe e infraestrutura dedicada, o outsourcing traz uma grande vantagem na redução de despesas com implementação e manutenção.

Para entender melhor, basta imaginar os custos necessários para criar e manter uma equipe de TI com todas as despesas de recrutamento e seleção, treinamento e desenvolvimento, salários, benefícios, espaço de escritório, entre outros gastos. Não é preciso nem mesmo jogar esses números no papel para perceber que contratar um parceiro pode trazer imensos ganhos em longo prazo.

Desvantagem 2: entendimento do negócio

Mesmo que tenham expertise na área de tecnologia, alguns fornecedores de TI não conhecem a fundo o funcionamento do negócio de seus clientes.

Isso pode gerar problemas na hora de planejar e executar projetos – especialmente nos sistemas que atendem diretamente ao negócio – gerando despesas desnecessárias e atrasos.

Vantagem 3: flexibilidade

Seja em tempos de economia aquecida ou em crise, as empresas sofrem continuamente com as flutuações na demanda por parte dos consumidores.

Por isso, outra vantagem associada ao [LINK TI.GUARD]outsourcing de TI[LINK TI.GUARD] é a flexibilidade: o cliente ganha tranquilidade para adaptar as soluções e sistemas ao volume de negócios, respondendo mais rápido às demandas de mercado e sem precisar gastar muito para isso.

Desvantagem 3: segurança

Uma das maiores desvantagens do outsourcing é a necessidade de dar a terceiros o acesso ou até mesmo o controle sobre informações confidenciais do negócio. Afinal, em alguns casos, o provedor do serviço não está nem mesmo em sua cidade, estado ou país.

É claro que a adoção de melhores práticas de segurança da informação minimiza os principais riscos, mas essa não deixa de ser uma preocupação. No entanto, ao lembrarmos que manter uma infraestrutura de hardware e software própria também não é garantia de segurança contra ataques, essa desvantagem perde um pouco de seu peso.

Diante de tudo isso, fica fácil perceber que o outsourcing tem sim suas vantagens, ainda que elas impliquem em certos desafios a serem enfrentados no dia a dia. Por isso, é fundamental desenvolver um bom relacionamento com o provedor do serviço. Assim, sua empresa será capaz de minimizar os riscos da relação e aproveitar o melhor que o outsourcing tem a oferecer para a sua organização!

Ficou alguma dúvida? Compartilhe com a gente e continue nos acompanhando no blog! Até a próxima!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *