O uso da tecnologia no Controle de Ativos de TI das empresas

Quantos gerentes não se confrontam com as seguintes questões: Quantos PCs a empresa possui? Qual o número de notebooks? Temos os requisitos de hardware e software para implementação de um novo sistema? A verdade é que hoje, muitas empresas têm dificuldade em responder tais perguntas, pois o grande desafio que falamos aqui é de uma gestão eficiente dos ativos de TI.

Um inventário atualizado de todos Ativos de uma empresa é exigido para adequação à normas fiscais e contábeis, como a ABNT NBR ISO/IEC 17799, 2005 item 7.1.1 e Sarbanes Oxley para empresas de capital estrangeiro. Como resultado, o inventário dos ativos deve ser realizado periodicamente, uma tarefa não muito simples considerando o grande volume de ativos que uma empresa pode conter.

Os ativos de TI são o coração de grande parte das empresas. Maximizar estes investimentos críticos requer um Sistema de Gestão de Ativos de TI (ITAM – IT Asset Management)* robusto e eficaz. O RFID** permite a Gestão Contínua dos Ativos de TI em Tempo Real, criando um novo patamar em eficiência operacional nos processos de ITAM, garantindo a segurança e manutenção periódica dos Ativos de TI, bem como compliance com as regulamentações exigidas.

O RFID pode resolver grande parte dos problemas de levantamento dos Ativos de TI por permitir monitoramento em tempo real do momento em que ele entra na empresa até momento em que é descartado. Diferentemente do código de barras o RFID não requer leitura unitária, pode ler múltiplas tags simultaneamente e de forma automática dentro da zona de leitura dos leitores e sem exigir uma intervenção humana.

Sem dúvida o Gerenciamento de Ativos de TI é um grande desafio para a maioria das empresas e torna-se ainda mais difícil quando este trabalho é realizado de forma manual e totalmente sensível a erros humanos. Com a disponibilidade de tecnologias com o RFID o controle da gestão de Ativos de TI torna-se mais confiável e sem dúvida mais preciso, tudo isso em um tempo e esforço menor.

Principais Indicadores

  • Mais de 50% das empresas utiliza trabalho manual intensivo e processos altamente suscetíveis a erro para realizar inventários e monitorar seus ativos de TI (Aberdeen Group)
  • 39% dos vazamentos de informação são oriundos de perdas ou roubos de ativos de TI (Verizon Business Risk)
  • 20% dos gastos de licenças de software e manutenção de equipamentos são com equipamentos que não estão mais em uso (Gartner Research)
* IT Asset Management (ITAM) é o conjunto de práticas de negócios que unem funções financeiras, contratuais e de inventário para apoiar a gestão do ciclo de vida e tomada de decisões estratégicas para o ambiente de TI. Os ativos incluem todos os elementos de software e hardware que são encontrados no ambiente de negócios.
** Identificação por radiofrequência (RFID) (do inglês “Radio-Frequency IDentification” ) é um método de identificação automática através de sinais de rádio, recuperando e armazenando dados remotamente através de dispositivos denominados etiquetas RFID.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *