Mídia indoor: o que é e por que investir

Não é difícil imaginar como ser ouvido ou percebido em meio a uma grande circulação de pessoas é complicado. A concorrência para chamar a atenção das pessoas está cada vez mais alta e, por causa disso, precisamos inovar em nossas estratégias para que nosso público receba nossa mensagem.

Para solucionar esse problema, as empresas estão apostando na mídia indoor, que atinge um terço a mais dos consumidores que as mídias tradicionais, sendo mais eficaz e menos invasiva.

Quer saber mais sobre o assunto? Acompanhe!

O que é mídia indoor?

A mídia indoor é uma tendência do mercado que consiste na sinalização digital realizada em lugares com grande fluxo de pessoas ou locais com espera forçada, como shoppings centers, aeroportos, saguão de hotéis, elevadores, filas de banco, recepções, entre outros.

Esse tipo de publicidade é vendido naturalmente ao público, uma vez que há uma certa receptividade da audiência nas situações de espera, sendo considerada mais efetiva quando comparada às mídias externas, devido à atenção dispersada das pessoas.

Bônus: Saiba como melhorar os resultados da sua empresa com a comunicação interna

Por que investir em mídia indoor?

Além de ser mais efetiva que as mídias tradicionais, a mídia indoor apresenta uma série de vantagens quando comparada aos métodos tradicionais, como:

Segmentação do público

Antes de aplicar as propagandas internas, é necessário realizar um mapeamento de perfil do consumidor, buscando por informações que direcionarão a escolha do local e a forma de comunicação mais assertiva. A mídia indoor deve ser capaz de alcançar uma audiência segmentada demograficamente em áreas e horários específicos. Assim, não há desperdício de verba atingindo um consumidor que não interessa.

Recursos tecnológicos variados

O meio mais utilizado para anunciar é o digital, como em displays, telões, painéis, totens eletrônicos ou televisões. Para potencializar o alcance da mensagem, é preciso entender as necessidades e o objetivo do público-alvo, a fim de escolher o recurso certo. De qualquer modo, o impacto visual em relação aos consumidores será certeiro.

Geração de alternativas

Com o crescimento do setor de publicidade, houve a necessidade de encontrar novas soluções para regulamentar e padronizar a área, especialmente em se tratando de mídias. Um exemplo é a cidade de São Paulo, que proibiu o uso de outdoors e afins. Dessa forma, para não deixar de se comunicar com seu público, muitas empresas migraram para a mídia indoor.

Interatividade e dinamismo

Além da redução nos custos com atualização e manutenção dos anúncios, a mídia indoor é muito mais interativa do que os meios tradicionais, permitindo a criação de propagandas audiovisuais com bastante movimento. É possível anunciar mais de um produto ao mesmo tempo e oferecer ofertas relâmpagos em tempo real. Ainda, as campanhas podem ser facilmente gerenciadas e atualizadas instantaneamente por meio da internet.

Estratégias comerciais

Investir em mídia indoor é uma excelente oportunidade para criar parcerias, pois você pode vender ou alugar seu espaço para fornecedores ou terceiros, criando uma relação de interesse mútuo. Por exemplo, uma academia pode adotar a mídia indoor em suas dependências, divulgando seus próprios serviços e, ainda por cima, o dos parceiros.

Tempo de exposição ideal

O tempo de exibição do anúncio é entre um e quatro minutos, sendo o suficiente para não saturar o público e tornar a propaganda massiva.

Baixa concorrência

Diferentemente dos meios impressos, na mídia indoor, a quantidade de anunciantes no mesmo espaço é muito baixa, e nenhum desses anunciantes, em nenhum momento, será seu concorrente.

E aí, o que está esperando para investir em mídia indoor? O Mobuss TV apresenta soluções apostando em tecnologia, para que você atinja seu público-alvo e impulsione suas vendas. Se ainda não tiver se convencido, não deixe de comentar com a gente!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *