Marketing 4.0: qual a sua real importância para as empresas?

O comportamento do consumidor mudou — e muito — a partir da transformação digital. Quem atua no Marketing sabe bem disso! E é justamente sobre esse assunto que o Marketing 4.0 vem para mostrar.

Afinal, já não basta que as marcas mostrem seu lado “humano”. Elas precisam oferecer soluções que ajudem o cliente a economizar tempo, além de facilitar a vida e trazer mais socialização na troca de interesses.

Quer saber mais sobre a importância deste assunto? Então, confira o post que preparamos a seguir:

É preciso se adaptar ao novo cenário digital

Pare e reflita: quantas vezes, só hoje, você consultou algum meio digital? Foram muitas, não é mesmo? Dessa forma, para serem vistas e percebidas pelo consumidor, as empresas também devem atender às exigências do cenário digital!

Isso significa que é urgente a necessidade de migração para o virtual. Assim como entender de que forma essas mudanças causam impacto nos meios de consumo.

Seja na busca por novas soluções, no interesse em ouvir comentários sobre determinada experiência de consumo ou na realização de compras em qualquer loja… É na web que tudo acontece! Até porque a possibilidade de novas conexões é o que faz a engrenagem girar.

Os conceitos do Marketing 4.0

Para entender como chegamos ao Marketing 4.0, o famoso autor Philip Kotler, reconhecido como um dos maiores influenciadores da área no mundo, descreve este como sendo o estágio mais recente do Marketing.

Qual a diferença entre o Marketing 4.0 e seus antecessores? Seguimos a linha de raciocínio do autor:

  • Marketing 1.0: nascido na Revolução Industrial, o objetivo era unicamente dizer que o produto se encontrava disponível para consumo. A concorrência era escassa. Todavia, a globalização manifestou resultados que impactaram de modo significativo no processo de escolha;
  • Marketing 2.0: já na Era da Informação, iniciavam-se a concorrência e a ciência do consumo. Surgiram, com isso, os chamados 4 Ps do Marketing (Preço, Praça, Produto e Promoção);
  • Marketing 3.0: fez com que as empresas passassem a focar em valores e propósitos, assim como em engajamento de marca e identificação com possíveis clientes.

O lado prático na aplicação da metodologia

São várias as formas de pôr o Marketing 4.0 em ação. Duas boas apostas são o storytelling — com a criação de histórias relevantes — e o Marketing de Conteúdo. Essas estratégias contribuem para aguçar a curiosidade sobre a marca.

Os anúncios e as campanhas publicitárias dão lugar a materiais relevantes e que agregam valor à imagem da empresa. Assim, você deve criar uma persona para sua marca, com comportamentos e valores. Além disso, identifique e reforce, de forma estratégica, os canais usados pelos consumidores.

Por fim, é fundamental que seu negócio se adapte e acompanhe as tendências de mercado do Marketing 4.0. Fale a mesma língua que seu público, para que ele veja sua empresa como referência e construa uma relação emocional com a marca.

Esse artigo foi útil para você? Confira também as formas de comunicação mercadológica e como aplicá-las na gestão da sua empresa. Até a próxima!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *