Manufatura avançada: entenda o que é e por que é uma tendência no mercado

No momento atual da indústria nacional, a manufatura avançada, também conhecida como Indústria 4.0, tem tomado espaço importante com a emergente necessidade de novas tecnologias para otimização de processos de produção.

Ela possui a capacidade de acomodar os diferentes requisitos de produção e personalização de massa comumente encontrados pela indústria, sem a necessidade de investimentos de capital excessivos.

A manufatura avançada promete impactar positivamente a economia de maneira significativa para diversos ramos e segmentos industriais, como metalurgia e agronegócio.

Veja agora neste artigo mais dessa nova tendência de mercado e sua relevância. Boa leitura!

Importância da TI na indústria

A Indústria 4.0 engloba todos os aspectos da cadeia de valor, desde as considerações de conceito até o fim da vida, e depende da Tecnologia de Comunicação de Informação (TIC) para integrar as atividades de fabricação e negócios em uma operação eficiente e perfeita.

As tecnologias envolvidas na manufatura avançada podem ser divididas em três grupos principais:

Produção eficiente

Envolve design, simulação, modelagem física e computacional, tecnologias de produção avançadas e técnicas de controle.

A ênfase é na engenharia simultânea em vez de sequencial. As tecnologias de produção relevantes incluem prototipagem rápida, fabricação de forma líquida próxima e técnicas de fundição, usinagem e junção de precisão.

Produção inteligente

Aborda o uso de TIC nos sistemas de logística e relacionados.

Além de máquinas, células e linhas de produção inteligentes orientadas para produção, a filosofia envolve a implementação de sistemas para a vida prolongada e o uso ideal de instalações de produção. Tudo por meio de estratégias eficientes de monitoramento, manutenção e reparo.

Organização efetiva

Engloba a coordenação eficiente e a exploração dos recursos de fabricação — isso envolve recursos físicos e conhecimento.

Os tópicos relevantes incluem o concurso virtual e as empresas, instalações e recursos compartilhados, organizações inovadoras, unidades de incubação, gerenciamento e comércio de conhecimento e comércio eletrônico. A ênfase nessa área é o uso da tecnologia para melhorar o envolvimento e a capacidade.

Desafios da manufatura avançada e investimentos necessários

Para competir nesse novo mercado avançado e aumentar a produtividade, é necessário investir em equipamentos tecnológicos e softwares que atendam às demandas dessa nova forma de produção.

Por exemplo, equipamentos que permitam, pela sua tecnologia, a fácil conexão integrada como os dispositivos móveis (internet das coisas). Assim, obtêm-se formas de produção inteligente e autônoma sem a necessidade de intervenções humanas, pois a produção otimizada “conversa” entre si.

Treinamento de pessoal para essas novas formas de interação é essencial para a assimilação das mudanças que automatizam o modo de produção. Todo investimento é feito à espera de retorno financeiro e de otimização de processos.

Segundo a Inforchannel, “os ganhos não são poucos: até 2025 os processos relacionados à Indústria 4.0 poderão sofrer reduções de custos de manutenção de equipamentos entre 10% e 40%. O consumo de energia pode cair entre 10% e 20% e a eficiência do trabalho crescer entre 10% e 25%.”

Com isso, o investimento em tecnologias de manufatura avançada se mostra extremamente importante para se manter no mercado e obter economia futura devido ao retorno de investimento com redução de custos e aprimoramento da produção.

Agora que você conhece sobre manufatura avançada e sua tendência no mercado, não deixe de entrar em contato conosco para saber mais!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *