Gestão da inovação: saiba como fazer na sua empresa

A gestão da inovação tem se tornado uma área cada vez mais estratégica nas empresas. Tal evolução é necessária no contexto em que vivemos, marcado por mudanças rápidas e bruscas nos segmentos de mercado. Diante ainda de desafios do ambiente econômico.

Se as organizações não buscarem se reinventar, corre-se o risco de perder vantagens competitivas e ficar para trás na preferência do consumidor. Com as exigências constantes de apresentar soluções aos clientes e de se antecipar às tendências, as empresas precisam se organizar de modo eficiente para gerar inovações. Sejam elas incrementais ou disruptivas.

 

Para tanto, os negócios podem lançar mão de algumas estratégias. Havendo a necessidade de visar e favorecer a existência de um ambiente propício ao surgimento de novas ideias.

Veja, a seguir, algumas dicas de como realizar a gestão da inovação na sua empresa:

Abertura da organização a melhorias

Para que haja uma boa gestão da inovação, em primeiro lugar deve-se criar um ambiente favorável a sugestões e novas ideias.

Se os colaboradores da empresa trazem possibilidades de melhorias, mas não encontram espaço para colocá-las ou têm as hipóteses descartadas, a tendência é que eles evitem pensar em inovações.

O contrário ocorre quando a alta direção do negócio deixa claro a intenção da empresa em fomentar um ambiente criativo, com abertura constante para o surgimento de ideias. A chance de que as pessoas se envolvam na busca por inovações é muito maior.

Incentivos para novas ideias

É bem verdade que a gestão da inovação não ocorrerá apenas por um ato da direção da organização. Na verdade, deve haver canais de diálogo explícitos para que o fluxo de informações possa existir na empresa.

Nesse caso, o colaborador que possui uma sugestão de melhoria sabe para onde pode levar a ideia. De modo que ela passe por outras etapas até que seja aprovada ou não.

Como forma de estimular o surgimento de inovações, algumas empresas oferecem incentivos aos colaboradores, como prêmios. Tal atitude da organização pode ser muito benéfica, pois o público interno entende das minúcias dos processos. Por isso, muitas vezes possui mais condições de ter ideias grandiosas.

Controle da gestão da inovação

A organização deve dispor de uma infraestrutura eficiente, como softwares e ferramentas de tecnologia da informação, que dê o suporte necessário para a gestão da inovação.

Seja nos casos em que há um departamento de pesquisa e desenvolvimento ou que as melhorias ficam a cargo de toda organização, o negócio deve dispor de processos e técnicas que validem uma sugestão.

Afinal, a implantação de uma melhoria terá que ser precedida de planejamentos e análises que comprovem a eficácia do aperfeiçoamento. Assim, com o tempo a organização cria um repositório de novos projetos e ações.

Mensuração de resultados

Muitas empresas até se dedicam à gestão da inovação, mas nem sempre se preocupam com a avaliação dos resultados obtidos.

Para que uma sugestão de melhoria possa ser agregada a um processo rotineiro da organização, antes ela deve ser submetida a testes e a validações. Afinal, como mensurar o impacto de um mudança sem ter dados suficientes para comparar o antes e o depois?

Nesse sentido, o uso da tecnologia da informação é de grande valia para otimizar o próprio processo de inovação, bem como as atividades operacionais e estratégicas já existentes no negócio. Uma grande vantagem da utilização da TI é a automatização de tarefas, que dispensa a presença humana full time.

Além disso, os dados captados por meio de softwares e outras ferramentas podem servir de base para o surgimento de inovações, criando, assim, um ciclo virtuoso de aperfeiçoamento na organização. Logo, a gestão da tecnologia deve caminhar lado a lado com a política de melhorias do negócio.

E você, já realiza a gestão da inovação na sua empresa? Restou alguma dúvida sobre o assunto? Compartilhe conosco aqui nos comentários!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *