Fábrica digital: aplicando a tecnologia na otimização de processos

A retomada gradual das atividades em todo o mundo, após restrições trazidas pela pandemia, foi responsável pelo aumento da produção industrial nos últimos meses. Em junho, fábricas brasileiras aumentaram a produção em 8,9% na comparação com o mês anterior, segundo o IBGE. E uma das questões que fará as empresas se destacarem neste novo cenário econômico de retomada será a chamada fábrica digital.

Com o uso de recursos tecnológicos, a produção industrial se torna muito mais proativa. Com soluções de ponta, as indústrias ganham em eficiência e redução de custos. Na fábrica digital, softwares que permitem a visualização e simulação de processos permitem o desenvolvimento de processos de manufatura mais abrangentes e competitivos no mercado.

Saiba neste post como acontece o processo de implementação da fábrica digital. Confira ainda os benefícios do conceito para o seu negócio!

Fábrica digital: o que é e o que muda na sua produção?

Já imaginou poder prever a rotina de produção da sua indústria? E antes mesmo de incluir no planejamento novas entregas, saber como melhorar este processo? Basicamente, este é um dos grandes benefícios da fábrica ou manufatura digital.

Entende-se por fábrica digital o uso de soluções integradas de tecnologia no processo de produção. Estas soluções garantem à gestão uma visão holística da produção. Exemplos são, os dispositivos móveis de captação de dados em toda a produção – a Internet das Coisas – ferramentas de visualização 3D e softwares para planejamento de produção. Eles colaboram para a minimização de erros e redução de custos. Há ainda os sistemas APS (Advanced Planning and Scheduling) ligados ao planejamento avançado e detalhado da produção.

São estas soluções, que ao coletar e armazenar dados, ajudam a prever novas demandas da fábrica. Baseado em um processo de inteligência e de automação, o gestor tem em mãos informações confiáveis para reorganizar fluxos e garantir rapidez nas entregas com qualidade.

O que a automação traz para a indústria?

Considerada uma das tendências do mercado global, a automação industrial começa a ganhar força. É com a adoção de soluções tecnológicas de gestão, prognóstico, análise e atuação em melhoria contínua que as empresas estão se destacando no mercado.

Além disso, a tecnologia pode, também, garantir a eficiência da produção personalizada em massa. Mesmo desenvolvendo produtos alinhados com as novas tendências de consumo, é possível ganhar escala e agilidade no chão de fábrica.

Com a fábrica digital, os ganhos são inúmeros. A começar pelos dados confiáveis sobre a produção, que podem ser aplicados para identificação de melhorias. São estas informações que também facilitam a gestão das entregas e a programação de novas produções. A tomada de decisão passa a ser baseada em dados e não apenas em intuição.

Outra questão essencial é que a automação está no centro da fábrica digital. Menos processos manuais e rotinas mais preditivas estão intrinsecamente ligadas a mais rapidez e eficiência no processo produtivo.

Fábrica digital na prática

Um estudo do Centro Universitário Católica SC, participantes que já contam com processos de automação, destacaram que:

  • 55% tiveram aumento na produtividade;
  • 45% indicaram redução do tempo de ociosidade de equipamentos e consequentemente de custos operacionais;
  • 41% destacaram aumento na visibilidade da marca da empresa.

Além disso, 78% dos participantes concordaram que o foco principal é o controle e o monitoramento dos processos.

Ou seja: o conceito de fábrica digital já tem seus resultados comprovados. Soluções reconhecidas globalmente integram as oportunidades de mercado para quem quer adotar melhorias através da automação.

Um exemplo de software que está diretamente ligado à manufatura digital é o Delmia Ortems. Trata-se de uma solução para planejamento da produção que permite a organização da rotina anual de produção da fábrica em apenas 30 minutos

Além disso, esse tipo de solução permite a captação de eventos que merecem atenção na linha de produção. É o caso, por exemplo, de falhas em determinada máquina, que rapidamente é direcionada para a manutenção. Com esta prática e os dados coletados, novas situações assim poderão ser previstas. A manutenção preventiva acarretará redução de custos e ajustes da qualidade produtiva.

Outro fator determinante para a fábrica digital ser considerada o futuro, é que as soluções integradas trazem dados fundamentais para a tomada de decisão. Estas soluções, como o Delmia Ortems, não só processam ou coletam informações, mas tornam elas diferenciais que apoiam no processo de redução de perdas e custos e melhoria contínua da produção. 

Em suma, é a automação tornando o processo produtivo cada vez mais eficiente e competitivo. Ganha, neste cenário, quem já investe em soluções de automação e tem consciência de que a fábrica digital é o futuro da manufatura global.

Quer saber mais sobre tendências, oportunidades e ganhos da indústria 4.0? Continue acompanhando nossos posts por aqui.

Assinado por:

 

Aloisio Arbegaus — Diretor Comercial da Teclógica

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *