O que é Balanced Scorecard e como aplicar na prática?

55898-o-que-e-balanced-scorecard-e-como-aplicar-na-praticaA otimização do planejamento interno de uma empresa é parte essencial para alcançar os melhores resultados possíveis. Afinal, uma companhia que consegue se manter inovadora e aperfeiçoar os resultados com base em indicadores de desempenho, é uma empresa que será destaque no seu segmento. E foi para alcançar esse estágio que o Balanced Scorecard foi criado.

Esse método de gestão — que apresentaremos mais a fundo neste artigo — ajuda a expandir a visão que um gestor deve ter da sua própria empresa, facilitando o trabalho de tomada de decisões e o controle dos resultados obtidos.

Continue lendo esse artigo para aprender o que é Balanced Scorecard e confira os 4 estágios necessários para implementá-lo na sua empresa!

Como surgiu o Balanced Scorecard?

Antes da criação do Balanced Scorecard (BSC), no começo da década de 90, o principal medidor utilizado para entender o funcionamento de uma empresa eram seus resultados financeiros.

Neste contexto, o Balanced Scorecard surgiu como uma maneira de otimizar o controle sobre o funcionamento da empresa, permitindo aos gestores uma visão ampliada sobre a influência dos resultados de cada área.

O que é o Balanced Scorecard?

Podemos definir o Balanced Scorecard como um método de planejamento estratégico que enxerga uma empresa de maneira mais profunda, dividindo em 4 perspectivas:

  • Financeira;
  • Clientes;
  • Processos internos;
  • Aprendizado e crescimento.

Cada uma dessas perspectivas influencia as outras numa escala de dependência interna. Os resultados financeiros ajudam a financiar as ações que vão melhorar a perspectiva de aprendizado e crescimento.

Do mesmo modo, estratégias bem sucedidas nessas áreas vão resultar em melhores resultados nos processos internos (produção, qualidade, maior eficácia interna). E por consequência, uma melhoria nessa perspectiva vai atrair mais clientes, aumentando os resultados financeiros da empresa.

Como aplicar o Balanced Scorecard?

1. Realize uma análise do estado atual

O processo de estabelecer o BSC na sua empresa começa com uma profunda avaliação de cada uma das 4 perspectivas dentro da companhia, além da percepção dos problemas enfrentados. Por meio desse recurso, é possível saber como fazer seu planejamento estratégico.

Uma empresa que vende insumos para o agronegócio, por exemplo, pode perceber que possui pouca taxa de retorno dos seus clientes, o que diminui sua capacidade de crescimento. A partir desse conhecimento, ela pode partir para o próximo passo.

2. Estabeleça metas

O segundo passo para implementar o BSC na empresa é estabelecer as metas que cada uma das perspectivas do negócio deverá atingir ao final do período de gerenciamento. É essencial levar em conta os efeitos que cada meta terá nas outras perspectivas e definir, nesse passo, quais serão os indicadores de performance de cada perspectiva.

Imagine que sua empresa defina duas metas para a perspectiva de clientes (diminuir o número de reclamações e aumentar o ticket médio) e outras duas para a perspectiva financeira (aumentar o faturamento e aumentar o lucro líquido).

O cumprimento da meta do ticket médio, na perspectiva dos clientes, vai influenciar o cumprimento das metas na perspectiva financeira. Assim, podemos observar como as diferentes perspectivas estão interligadas, influenciando-se e contribuindo para o crescimento do negócio.

3. Atribua estratégias

O próximo passo para a implementação do BSC na empresa é a atribuição de estratégias para o cumprimento das metas pré-estabelecidas, pois são elas que vão garantir os resultados esperados.

Cada perspectiva deverá possuir algumas estratégias para atingir as metas. Essas estratégias devem ser formuladas, preferencialmente, pela união dos diferentes gestores e diretores de cada setor da empresa, que podem contribuir com conhecimento, experiência e sugestões.

4. Controle os resultados

Uma das vantagens de utilizar o BSC é que ele permite controlar os indicadores de desempenho da empresa em tempo real, aplicando soluções tecnológicas na extração de dados e na contextualização dos mesmos para permitir uma análise de desempenho otimizada.

Assim, o BSC torna-se um processo contínuo de análise e correção de curso. Caso você perceba que as estratégias atribuídas no passo 3 não estão levando às metas do passo 2, é possível alterar as ações em tempo real e buscar o melhor resultado.

E você? Entendeu o que é Balanced Scorecard? Conte pra gente nos comentários!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *