Como melhorar a experiência do cliente com o Digital Signage

Um dos grandes desafios impostos às empresas na atualidade é melhorar a experiência do cliente em relação às suas marcas. O alto volume de informações que as pessoas recebem todos os dias exige que a comunicação se destaque em meio ao fluxo captado por sua audiência.

Para obter sucesso nessa empreitada e, principalmente, manter o engajamento de seu público consumidor, muitas organizações têm aberto outras frentes de comunicação e apostado na diversificação de meios. Dentre as novas tendências, destaca-se o digital signage (ou sinalização digital), uma estratégia baseada no poder de atração das telas para transmitir diversos tipos de mensagens em locais estratégicos.

Esta foi a maneira encontrada por algumas instituições para engajar o público: com o uso de novas tecnologias em alta no mercado e que geram resultados diferenciados. Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos demonstrou que 47,7% dos entrevistados consideram o digital signage efetivo para divulgar uma marca, enquanto 29,5% acreditam que a estratégia seja eficiente para influenciar a decisão de compra.

A aplicação do digital signage é repleta de possibilidades e benefícios para o negócio, como o acesso a insights sobre os consumidores e o ganho de eficiência operacional. Mas é necessário saber utilizar o recurso com inteligência para conseguir bons resultados, diante do complexo desafio de aprimorar a experiência do cliente e ampliar o brand awareness.

Para auxiliar sua equipe nessa tarefa, apresentamos alguns tópicos fundamentais. Confira!

Use o digital signage a favor da experiência do cliente

Foco na segmentação

Para que a experiência do cliente perante sua sinalização digital seja positiva, é preciso que ele seja impactado pelo conteúdo divulgado. Isso significa que a mensagem deve estar alinhada com o público-alvo que a empresa pretende alcançar.

Se o uso de telas pressupõe versatilidade, é necessário combinar essa característica com um discurso condizente, objetivo e alinhado com as expectativas e os anseios da audiência e da instituição. Sem esse cuidado, fica complicado criar uma experiência positiva para o cliente, e ainda corre-se o risco de ter uma comunicação sem identidade e sem foco no público certo.

Outro modo de garantir a segmentação da mensagem é definindo onde e quando ela será apresentada. Por esse motivo, é preciso considerar cuidadosamente o local de instalação da plataforma de Digital Signage e o uso de soluções tecnológicas que facilitem o alcance do público desejado. Hoje, por exemplo, já existem ferramentas que permitem criar playlists e cronogramas personalizados, possibilitando programar a apresentação de um ou mais conteúdos em momentos específicos.

Apresentação do conteúdo

Além de segmentar a mensagem para a audiência correta, a sinalização digital precisa veicular conteúdos que impactem. É necessário conciliar a segmentação da mensagem com a divulgação de materiais atrativos, que sejam capazes de despertar o interesse do público-alvo.

A utilização do digital signage não se limita a imagens estáticas. Ela permite o uso de vídeos, animações, fotos, sons e textos, o que abre um grande leque de opções para a aplicação e o desenvolvimento do storytelling – e isso, por sua vez, se relaciona diretamente à segmentação, já que pressupõe uma abordagem personalizada, a criação de um vínculo com o consumidor.

Por isso, seu poder comunicativo precisa ser aliado a um conteúdo estratégico e que explore as funcionalidades da ferramenta e retenha a atenção.

Aposte na interação

Com o conteúdo adequado e a segmentação alinhada, a empresa já fez metade de seu dever de casa para aprimorar a experiência do cliente. Resta, agora, ir além e explorar os recursos que as novas plataformas de mídia oferecem.

A sinalização digital permite investir em campanhas interativas. Muitas vezes isso ocorre dentro das teorias do crossmedia (distribuição de um mesmo conteúdo em diferentes mídias) e do transmedia (distribuição de conteúdos diferentes em diferentes mídias). Ou seja, são produtos/mensagens feitos para serem consumidos em mais de uma plataforma, e uma completa a outra, o que cria uma experiência diferente.

A interatividade engaja o público e desperta sua curiosidade. Portanto, coloque a criatividade para trabalhar e não se esqueça que uma das melhores formas de impacto é aquela em que o consumidor interage de forma voluntária com a marca.

Novas formas de dizer as mesmas coisas

Você já deve ter visto que alguns mercados têm eliminado as antigas etiquetas de papel e, agora, mostram o preço das mercadorias através de pequenas telas. Essa mudança foi uma maneira de reduzir custos e modernizar a forma de apresentação de preços.

Mas imagine se, no lugar dessa tela, houvesse um pequeno monitor exibindo o preço do produto, suas características e seus principais usos? A experiência do consumidor não seria muito mais atrativa e inovadora?
Muitas vezes, não é preciso inventar, basta dar uma cara nova para as coisas. As telas são recursos valiosos para realizar sinalização — por isso, é interessante usá-las para renovar antigas comunicações.

Mais informação e menos dúvidas = mais consumo

Buscar informações sobre produtos e marcas é algo natural em uma sociedade de consumo cada vez mais exigente e antenada. Investir em mídia indoor é uma estratégia que estimula a obtenção desse conhecimento. Por isso, muitas empresas têm utilizado essas ferramentas para divulgar promoções e lançamentos por meio do digital signage alocado dentro do PDV.

Constatou-se que 70% das decisões de compra acontecem enquanto o cliente se encontra na loja. Assim, transformar esse ambiente em um local abundante de informações pode ser fundamental para enriquecer o faturamento, incentivar o consumo e fazer com que as pessoas tenham uma experiência de compra ainda melhor.

Essas são apenas algumas dicas para utilizar o digital signage de maneira positiva e orientada, e, assim, melhorar a experiência do cliente. Porém, a estratégia pode ser aplicada de inúmeras formas para obter resultados distintos.

Uma coisa é certa: seu uso está modificando o jeito como as empresas se comunicam com seus consumidores. Se você quer saber mais sobre sinalização digital e outros assuntos, não deixe de navegar pelas páginas de nosso blog!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *