4 passos para ter um departamento jurídico mais produtivo

Um departamento jurídico produtivo e eficiente traz inúmeros efeitos positivos para a empresa. Não é apenas o jurídico que melhora a sua performance, outras áreas acabam sendo impactadas positivamente também.

Isso porque o setor jurídico não atua sozinho e independente do restante do negócio. Ele sempre está se relacionando com as demais áreas, como Compras, Marketing e Finanças.

Imagine, por exemplo, um departamento que não tem boas práticas de arquivar e armazenar documentos corretamente. Essa má organização pode gerar problemas sérios para a empresa inteira, não é mesmo?

Sabemos que cada companhia tem suas pontos específicos a serem otimizados. Ainda assim, é possível melhorar a eficiência e produtividade do departamento jurídico com algumas mudanças simples.

Quer saber como? Então, confira a seguir as 4 dicas que preparamos para ajudar a sua empresa a impulsionar o desempenho do departamento jurídico!

1. Seja um departamento jurídico ativo (e não reativo)

O primeiro passo para um jurídico eficiente é ser mais proativo. Uma postura reativa, isto é, de atuação apenas em casos que envolvam processos judiciais e outros litígios é algo contraproducente.

É importante contar com um time de profissionais inquietos, com espírito inovador e atento às tendências jurídicas. Assim, é possível agir preventivamente para evitar riscos e prejuízos à empresa, além de manter os negócios em conformidade legal.

Inclusive, o jurídico pode trazer melhorias e inovações para o setor e participar mais ativamente das decisões estratégicas da empresa.

2. Tenha uma política de compliance

Este é outro passo essencial para melhorar a performance do departamento jurídico. Antes de tudo, vale destacar que as políticas de compliance não devem ser vistas como um engessamento de processos.

Pelo contrário, o compliance ajuda a minimizar riscos, prever problemas, reduzir gargalos e melhorar o fluxo dos processos.

Na gestão de contratos, por exemplo, a política de compliance permite que os documentos estejam em plena conformidade com as normas. Além disso, contribui para que todas as práticas estejam de acordo com as diretrizes internas da organização.

Com transparência e combate à irregularidades, o compliance torna a gestão do departamento jurídico mais efetiva. E as relações com clientes e parceiros, de mais qualidade e confiança.

3. Aposte na tecnologia para melhorar a comunicação

Como é de praxe na prática advocatícia, a boa comunicação é fundamental para gerentes de departamento jurídico – tanto interna quanto externa.

Os vários setores de uma empresa precisam estar bem alinhados. A resolução de conflitos e a previsibilidade de atividades que envolvem outros departamentos, por exemplo, necessitam de uma comunicação bem alinhada.

A negociação com fornecedores e clientes não é diferente. É preciso lidar de forma clara, transparente e eficiente com os parceiros. E tudo isso pode ser otimizado com a ajuda da tecnologia.

Um bom exemplo são os softwares jurídicos, que ajudam na comunicação com os clientes. Uma vez que contribui para documentar os contratos, acompanhar as revisões e alterações e tornar o fluxo de processos mais claro a todos os envolvidos.

Outra opção é a assinatura digital, que simplifica o fechamento de negócios ao possibilitar mais mobilidade e rapidez.

4. Esteja conectado com outros setores e parceiros

Como mencionamos, o departamento jurídico não atua sozinho. Por isso, é preciso estar sempre conectado com as outras áreas. E também identificar as necessidades internas e os objetivos dos demais setores.

O bom alinhamento entre as áreas ajuda não só o jurídico a alcançar suas metas, mas toda a empresa a atingir bons resultados. Além disso, o departamento deve estabelecer uma forte parceria com clientes e fornecedores.

Nesse aspecto, a proximidade com os parceiros é importante para melhorar a eficiência das práticas jurídicas. Afinal, estar perto deles, conhecendo suas expectativas, ajuda o setor a agir de modo mais inteligente e estratégico.

Assim, algumas pequenas mudanças podem fazer uma grande diferença no departamento jurídico. Além das boas práticas, devemos ressaltar que, hoje em dia, há muitos avanços tecnológicos na área jurídica, como é o caso da automatização da gestão de contratos.

Com a ajuda de soluções e ferramentas tecnológicas, muitos desses passos para tornar o departamento jurídico mais produtivo podem ser conquistados com mais facilidade.

Quer mais informações para melhorar o departamento jurídico da sua empresa? Então, assine a nossa newsletter e receba em primeira mão os melhores artigos sobre o tema!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *