Como implementar um mural digital em sua empresa

Uma das ferramentas mais inovadoras na área da comunicação corporativa é o mural digital – que nada mais é do que uma TV conectada a um aparelho (player) que reproduz uma programação de comunicados, avisos, índices e outras informações importantes.

Ele surgiu a partir da ideia do mural tradicional (o de papel). O problema dessas antigas ferramentas é que, quando a empresa cresce, elas se tornam pouco efetivas em vários sentidos: para o número e o perfil diverso das pessoas que compõem o público-alvo e, também, pelo volume de atualizações necessárias e o trabalho que isso gera.

Neste artigo, preparamos um passo a passo para a implantação desse canal digital (ou de qualquer outra ferramenta de comunicação interna), para que as organizações extraiam o máximo de seus benefícios. Confira!

Implementando um mural digital

Passo 1: diagnóstico da comunicação interna da empresa

Esse diagnóstico pode ter como base o planejamento anual de comunicação interna – a ideia é revisitar esse documento e analisar de que forma a introdução de uma nova ferramenta pode contribuir para o crescimento da empresa.

É preciso entender onde estão os pontos de melhoria no processo para, então, optar pela solução mais assertiva.

Passo 2: pesquisa com o público

Nesta etapa, o objetivo é reunir informações para avaliar como esse tipo de comunicação será visto pelos funcionários. A pesquisa é importante para assimilar o perfil do público, os assuntos que podem obter mais engajamento e as lacunas que poderão ser preenchidas com o uso da ferramenta.

Passo 3: avaliação da infraestrutura

O mural digital é uma TV, logo, é necessário dispor de fiação elétrica, rede e um espaço físico adequado para sua instalação. Cada recurso utilizado na comunicação interna exigirá uma determinada infraestrutura, é fundamental atentar-se a isso desde o início. Além disso, é importante avaliar locais estratégicos e de grande movimentação, como áreas de integração.

Passo 4: definição de estratégia e rede de canais

Qual é o objetivo a ser alcançado com o uso de um mural digital? Essa resposta depende de vários fatores, especialmente da realidade da empresa.

Uma das estratégias, por exemplo, pode ser o mapeamento do fluxo de informação. Isso tem a ver com a hierarquia da comunicação. Dessa forma, é possível circular informativos e dados por todas as áreas.

Passo 5: envolvimento dos líderes

O engajamento dos líderes é imprescindível para estimular os colaboradores a interagir com a ferramenta e a validá-la.

Já na fase do diagnóstico, inclusive, é interessante identificar os problemas enfrentados e as expectativas dos gestores em relação à nova ferramenta.

Passo 6: definição do plano de ação

É importante planejar as ações que serão executadas por meio do mural digital. Essas atividades precisam ter objetivos específicos, e o foco deve estar sempre nos colaboradores.

Passo 7: planejamento de conteúdo

O fluxo de informação deve ser estabelecido de forma a gerar uma comunicação eficiente. A partir desse planejamento, o gestor pode direcionar o uso da nova ferramenta, a fim de que ela traga melhores resultados operacionais e estratégicos.

Passo 8: monitoramento de resultados

Mesmo depois de realizadas as primeiras ações, ainda há muito trabalho a fazer! Os responsáveis pela comunicação corporativa devem estar atentos aos resultados. É importante gerar relatórios com indicadores desde o processo de implementação.

Passo 9: coleta de feedbacks

Por fim, também é interessante coletar opiniões e impressões dos usuários em relação ao mural digital – não apenas dos executivos, claro, mas de todos os colaboradores.

Por que vale a pena ter um mural digital?

Essa é uma ferramenta de comunicação interna que melhora a escalabilidade da informação, ou seja, a distribuição dela. O recurso também pode ser atualizado em tempo real e via internet.

A substituição do mural de papel para o digital é uma evolução natural cada vez mais constante em empresas que visam se atualizar com soluções tecnológicas.

O que você achou deste conteúdo? Deseja saber mais sobre comunicação corporativa? Assine nossa newsletter!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *