Como engajar o público interno com as ações da sua empresa?

Você conhece bem a sua equipe? Já parou para pensar que o seu negócio depende, também, da conquista de seus colaboradores? Muitas empresas têm investido em ações de endomarketing para engajar o público interno e melhorar seus resultados.

Dentre os maiores benefícios dessa prática, podemos destacar a satisfação do colaborador — que melhora o clima organizacional, diminui o turnover e aumenta a produtividade — e a formação de uma cultura organizacional forte, a qual se torna vantagem em um mercado altamente competitivo.

Conheça mais sobre o assunto e entenda como você pode engajar o público interno.

Comunicação para engajar o público interno

A relação entre o comprometimento dos colaboradores e a qualidade do trabalho é bastante visível. Essas duas dimensões interagem a todo momento e, com isso, se afetam mutuamente. Tanto é que profissionais desmotivados produzem menos.

Todavia, ao contrário do que se pode pensar, não é preciso fazer grandes transformações para esse cenário se modificar. Quando se atinge um dos pontos cruciais dessa dinâmica, até mesmo ações pontuais podem voltar a engajar uma equipe como um todo.

Diante disso, temos que destacar um desses pontos cruciais na dinâmica interna de uma organização que é o processo de comunicação. Em muitos negócios, a comunicação tem sido o principal elemento de intervenção para aumentar o comprometimento dos colaboradores.

Logo, a comunicação interna pode ser utilizada como um instrumento de promoção de qualidade em uma organização. Saiba então como trabalhar com os recursos mais modernos de comunicação interna que vêm sendo utilizados para alavancar negócios:

Newsletter

A newsletter, por exemplo, é um recurso que precisa atingir determinados objetivos para ser considerado eficaz. O primeiro deles é a relevância do conteúdo que é produzido.

O conteúdo publicado na newsletter precisa de fato acrescentar algo para os colaboradores. Caso contrário, rapidamente o interesse das pessoas em acompanhar os e-mails desaparecerá.

Além da informação, a newsletter deve transmitir os valores da organização. Como se trata de um instrumento voltado para as equipes, é preciso transmitir transparência ao leitor. Veja a seguir os pontos fortes de uma newsletter:

  • cria uma interação periódica com o público interno;
  • reforça a identidade da organização;
  • engaja e integra as equipes por meio do conteúdo.

Mural Digital

O Mural Digital é um veículo de comunicação dinâmico e inovador, gerando diferentes formas de interação, seja por meio de imagens, vídeos, animações ou mensagens. Para as empresas, a principal vantagem que oferece é a capacidade de atingir um grande número de pessoas com a sua programação.

Além disso, a familiaridade que as diferentes gerações possuem com esse tipo de veículo de informação são um ponto positivo para tornar a aceitação dessa ferramenta ainda maior.

Com a TV, uma vez criado os conteúdos, é possível programar uma agenda periódica. Assim, a comunicação se torna contínua e pode ser internalizada na cultura organizacional.

Por meio de monitores espalhados pelas unidades de uma indústria, por exemplo, é possível ter certeza de que todos estão tendo acesso a normas de segurança que foram inseridas na programação ou, sobre uma ação da empresa.

É possível inserir qualquer tipo de informação, criando uma boa visibilidade e tornando-a mais fluida do que se estivesse escrita em um impresso ou meio digital. Além disso, a rapidez com a qual a informação é assimilada na TV é maior.

É interessante que o colaborador tenha um espaço nesse veículo para aproximá-lo também de outras equipes. É possível abrir espaço para:

  • mensagens dos membros das diferentes equipes;
  • valorizar histórias, opiniões e experiências de colaboradores;
  • divulgar as datas de aniversário dos colaboradores;
  • modernizar a comunicação interna.

Intranet

A intranet é um recurso bastante conhecido no meio organizacional, sendo responsável por agilizar a comunicação interna nas empresas.

Não é à toa que é um instrumento tão relevante, pois, além de integrar equipes, ela simplifica a comunicação, evitando ruídos e aproximando colaboradores de tal maneira, que faça parte de fato das práticas internas da empresa.

A intranet otimiza tempo e recursos, facilitando a rotina e tornando-a mais produtiva. Pode ser utilizada para diferentes funções e, dentre elas, podemos destacar:

  • disseminação de mensagens corporativas;
  • realização de ações operacionais;
  • canal de comunicação entre equipes;
  • prestação de serviços internos para os colaboradores, como consultas a banco de horas, contracheque e benefícios;
  • queixas, sugestões e recomendações.

Como a maior parte dos instrumentos digitais, a intranet pode ser customizada, permitindo a inserção de elementos e funções de acordo com as características da empresa, tornando-se personalizada.

Podemos considerá-la um ótimo meio de comunicação interna, uma vez que seus efeitos sobre o engajamento de colaboradores, assim como sobre a qualidade dessa comunicação, são impactantes assim que os colaboradores se encontram adaptados ao seu uso.

Critérios para não desperdiçar recursos

Ao escolher as ferramentas mais adequadas para o ambiente de trabalho, é preciso saber que independentemente dos recursos escolhidos, existem critérios que precisam ser levados em conta para que não haja desperdício de tempo e investimento.

Primeiramente, o conteúdo que será transmitido precisa ter um bom nível de qualidade, mas, ao mesmo tempo, deve-se utilizar a abordagem correta, quando o objetivo é atingir todos os colaboradores de uma empresa.

Veja alguns requisitos importantes na hora de criar seu material! São eles:

  • clareza;
  • padronização;
  • inovação;
  • objetividade;
  • criatividade.

Seguindo esses critérios, além de criar uma comunicação de qualidade e compatível com o público alvo, se torna mais fácil conquistar os colaboradores e engajar o público interno com os objetivos da organização.

Outra ação importante é monitorar a efetividade das ferramentas de comunicação, a fim de acompanhar as mudanças, as quais ocorrem inevitavelmente ao longo do tempo, e modificar o que for preciso para que a comunicação continue fluindo entre a empresa e seus colaboradores.

O que você achou desse texto? Quer participar nos contando sobre a sua experiência com comunicação interna? Não deixe de comentar — afinal, sua opinião é muito importante para continuarmos criando conteúdos relevantes!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *