Como alinhar a comunicação interna com a estratégia da empresa

2-machucado

A comunicação interna ganha cada vez mais importância no universo corporativo na medida em que aliada a estratégia da empresa, consegue trazer significativos ganhos profissionais. Isso porque, ela é ferramenta auxiliadora na motivação e satisfação no trabalho, resultando na melhoria de desempenho e gerando mais lucros para a companhia.

Neste post, mostraremos as melhores formas para alinhar a comunicação interna com a estratégia da empresa por meio da implantação de ações simples nas rotinas de trabalho da empresa, além de apontar os principais benefícios alcançados com essas iniciativas.

Os itens essenciais em um plano de comunicação interna

O primeiro passo para que a comunicação interna da sua empresa esteja de fato alinhada com a estratégia gerencial é saber se ela está sistematizada e organizada. Confira o que deve constar nesse documento.

Bônus: Saiba como melhorar os resultados da sua empresa com a comunicação interna

Razão de ser

É imprescindível elaborar um documento apontando qual o real objetivo que a empresa deseja com a comunicação para seus colaboradores. Se a organização deseja implementar a comunicação interna, ela visa alcançar algum objetivo. Aqui é preciso deixar isso bem claro.

O foco será informar sobre a cultura organizacional, motivar e engajar os colaboradores, reduzir custos e otimizar processos, entre outros. Lembre-se de que esse objetivo deve estar alinhado com a estratégia da empresa.

Veículos de comunicação

Com a razão e foco do plano é preciso definir quais mídias serão utilizadas para repassar as informações inerentes a comunicação interna. Aqui vale ponderar se existirão investimentos em TV Corporativa, intranet, redes sociais, folhetos, jornais, e-mail marketing, eventos, entre outros.

Lembre-se de que a comunicação interna deve também ser praticada no dia a dia, nas reuniões de trabalho, nas conversas diárias e na rotina de trabalho.

Conteúdos e periodicidade

Após definição do objetivo da comunicação interna, dos veículos de divulgação utilizados, será necessário definir o que será comunicado, ou seja, os conteúdos. Aqui vale destacar as ações de RH, os eventos, a cultura organizacional, as metas e métodos de trabalho, além de temas voltados a informação geral. É necessário também definir a periodicidade das publicações.

Benefícios da comunicação interna

O plano precisa conter também os benefícios para a empresa e para o colaborador, fale sobre a motivação e engajamento conquistado com as ações de comunicação interna. Além disso, mostre os resultados obtidos quando há repasse de informações claras e coesas, evitando fofocas e métodos errados de trabalho.

Após a elaboração do plano, é o momento de apresentá-lo para os diretores e gestores de áreas correlatas.

A importância de envolver segmentos estratégicos da empresa

Antes de implantar as estratégias de comunicação interna, é fundamental contar com o apoio dos segmentos estratégicos para o sucesso desse projeto. Os principais deles são a diretoria e o RH, que estão diretamente ligados a estratégia da empresa.

É importante mostrar o plano de comunicação interno previamente elaborado para ser aprovado por esses setores, que participam ativamente da estratégia da empresa e do contato com os colaboradores. Afinal, se eles não “comprarem” a ideia, será muito difícil dar certo.

Mostre a importância da comunicação interna, apresente casos de empresas que a implantaram e têm sucesso, apresente a opinião de uma comissão de colaboradores de áreas operacionais sobre o assunto, fale sobre como ela pode ser uma grande aliada da estratégia da empresa e mãos a obra. Se você gostou desse post e quer saber mais assuntos como o desse post, curta a nossa página no Facebook ou converse agora mesmo com nosso time de consultores.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *