CCM diminui desperdício de tempo e materiais com o Mobuss Construção

case-ccm-mobussA CCM Construtora Centro Minas sentiu a necessidade de utilizar parâmetros que auxiliassem os engenheiros a obter informações confiáveis sobre as ações realizadas nos canteiros de obras. Para isso, a empresa optou pelo Mobuss Construção, desenvolvido pela Teclógica, e conseguiu diminuir falhas e incidentes. Desta forma, o retrabalho e o desperdício de tempo e de materiais também foram reduzidos.

A empresa contratou os módulos Apontamento e Qualidade, do Mobuss Construção, que estão sendo utilizados desde outubro de 2014. “Antes da implantação, todo o processo de apontamento e vistoria das unidades habitacionais era realizado a mão em formulários padrão, que depois eram arquivados e armazenados no escritório da obra. Hoje, tudo foi automatizado e contamos com um servidor que registra e guarda os dados coletados”, afirma o engenheiro civil da CCM, Fernando Maselli. Ele destaca que com a praticidade e a agilidade oferecidas pela solução da Teclógica é possível visualizar e solucionar os problemas que vêm ocorrendo no dia a dia de forma eficaz.

As planilhas de análise do módulo Apontamento auxiliam na gestão. A companhia obteve melhora no controle do retrabalho e das horas ociosas, além de conseguir mensurar a produção diária. Outro ponto positivo foi que os formulários, que eram padrão da CCM, foram personalizados e adaptados para trabalharem em conjunto com o sistema, possibilitando a obtenção de resultados pertinentes à obra. Desta forma, os engenheiros conseguem visualizar com rapidez questões como: faltas, atestados, baixa produtividade, entre outros, que são facilmente solucionadas. Além disso, os dados apoiam o planejamento das tarefas.

A utilização do checklist no tablet é uma das funcionalidades do móduloQualidade, do Mobuss Construção, que trouxe velocidade na tomada de decisões e aperfeiçoou a qualidade final dos serviços. E o gerenciamento das inconformidades resultou em melhoras nos registros de evidências e na resolução dos problemas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *