Como eliminar as barreiras entre TI e negócios

Trazer resultados e valor para a marca é um objetivo essencial para todos os profissionais, de qualquer setor. E isso é especialmente válido quando falamos da integração entre TI e negócios.

Por muito tempo, a área de Tecnologia da Informação se viu em uma postura passiva, quase que reativa, focada apenas em atendimento. No entanto, o mercado atual exige soluções e serviços que se incorporem de maneira integral ao DNA das organizações, com sua visão e seu propósito.

O setor de TI tem o privilégio de já sair na frente dos demais quando se avalia a importância de cada segmento dentro de um negócio. Isso porque a tecnologia está na excelente posição de fazer parte de todos os sistemas e processos que as empresas operam. Mesmo assim, ainda existem algumas barreiras para alinhar TI e negócios de forma efetiva.

Quer entender quais são esses desafios e como eliminá-los? Continue a leitura!

A integração entre TI e negócios

Atualmente, é impossível separar TI e negócios, isto é, pensar em um negócio sem planejar a tecnologia necessária. É ela que vai permear a comunicação entre funcionários, empresa e clientes, controlar a produção, gerenciar pagamentos, fazer pedidos, emitir documentos fiscais, calcular receitas e despesas.

Segundo a Gartner, os investimentos globais em tecnologia devem atingir US$3,7 trilhões em 2018, um crescimento de 4,5% se comparado aos US$3,5 trilhões estimados para 2017.

Nenhuma empresa hoje é capaz de operar sem tecnologia, e os números mostram como elas estão buscando cada vez mais a tecnologia como diferencial competitivo. Os profissionais da área precisam estar atentos a esse movimento e provar seu valor.

A área de TI deixou de ser uma ferramenta meramente funcional para assumir o papel de contribuir com o crescimento dos negócios. Por isso, o grande desafio para os profissionais da área é o de conhecer integralmente a estratégia do negócio e fazer com que o planejamento de TI seja parte dessa estratégia.

Veja outras competências necessárias para alinhar as áreas de TI e negócios:

Equipes multidisciplinares

As equipes de TI precisam ser multidisciplinares, contribuindo para um ambiente de trabalho inovador, criativo, produtivo e engajado.

Em cerca de 3 anos, estima-se que o requisito mais esperado dos profissionais para os times de TI será versatilidade. Por isso, lembre-se bem desse atributo. O papel de especialista continua sendo importante, mas não pode ser exclusivamente este.

Gestão do conhecimento

Outro grande desafio é levar o conhecimento da área de TI e a sua importância em nível estratégico para todos os stakeholders e pessoas-chave das organizações.

Por anos, o profissional de TI deteve seu conhecimento só para si, para corrigir problemas. Agora, seu papel não se resume apenas em prevenir falhas, evitar desperdícios, ganhar tempo, minimizar o retrabalho e contribuir para a otimização nos processos.

Cabe à TI produzir dados, ou seja, informações que podem ser usadas estrategicamente para outros setores. O setor deve ser o principal ponto de convergência das empresas, aquele que detém todos os dados relevantes para o negócio e que consegue traduzi-los rapidamente para dar apoio às decisões estratégicas.

 

Visão sistêmica do negócio

Na Teclógica, sempre tivemos a postura de mergulhar no negócio do cliente, com o objetivo de quebrar barreiras e estabelecer uma parceria de fato — inclusive nas áreas de TI e negócios.

Nosso papel como fornecedores de tecnologia é entender todas as necessidades dos clientes e contribuir para os seus resultados. E isso só é possível porque não temos uma visão limitada, conseguimos enxergar a organização do cliente como um todo.

Servidores, redes, segurança da informação continuam sendo responsabilidade do setor de Tecnologia, mas em um contexto em que fazem parte de algo maior.  As atividades da área de TI devem se concentrar em fornecer condições para que os negócios prosperem, com estudos para racionalização e automatização de processos, controle de riscos, inteligência para análise de dados e auxílio para a tomada de decisão.

Clareza sobre o futuro

É o momento de entender o contexto da transformação digital e do “digital business” hoje e no futuro. Como a tecnologia utilizada vai impactar o negócio?

É preciso avaliar ainda se o que estamos fazendo hoje representa o maior impacto positivo que podemos oferecer a nossos clientes e stakeholders. Como fazer mais? Fazer diferente?

Você, como profissional de TI, costuma refletir e mostrar respostas para essas questões?

Atenção ao cliente

Ainda de modo incipiente no Brasil, o setor de Tecnologia começa a entender a importância do papel do Customer Success Manager (CSM).

Esse profissional deve estar atento e apto para identificar se tudo que foi levantado no início de um projeto está realmente suprindo as necessidades do cliente. É importante saber se os clientes estão utilizando a tecnologia contratada da melhor maneira possível, extraindo seu máximo.

Mais do que isso, o CSM também orienta o time para superar expectativas e contribuir para a continuidade de contratos de TI bem sucedidos.

Colaboração com outras áreas

Com clareza sobre o contexto atual, atento às demandas de outras áreas, por dentro das diferentes aplicações de tecnologia e com o DNA da empresa integrado em si, o setor de TI deve contribuir para criar serviços compartilhados que vão dar suporte a outros serviços essenciais para as empresas.

Ele deve ainda criar serviços para que as pessoas da sua área e das demais possam contribuir com dados, adicionando valor a essas plataformas. Colaboração é a palavra de ordem para a integração entre TI e negócios, hoje e no futuro.

Como quebrar as barreiras e aumentar a presença da TI?

Adotar uma postura de trabalho em que a TI faça parte do planejamento é um dos primeiros passos para que as barreiras entre TI e negócios sejam rompidas. Na Teclógica, atuamos de forma colaborativa, para conhecer a fundo a estratégia de negócio de nossos clientes e fazer com que a tecnologia possa contribuir com ela.

Não há uma receita mágica, apenas muita dedicação e vontade de fazer com que a TI seja verdadeiramente um setor responsável por gerar valor e trazer resultados para os negócios. Para isso, é necessária a presença de profissionais capacitados em diferentes áreas e uma TI estruturada para mapear, com clareza e criatividade, como o setor pode apoiar estrategicamente.

Mais uma vez, os números mostram que o setor está sendo cada vez mais reconhecido. Segundo o Economist Intelligence Unit, 69% das pequenas e médias empresas brasileiras consideram usar a tecnologia para otimizar a eficiência do seu negócio.

Quando é considerada como o ponto de convergência para melhorar os resultados de todos os setores, a TI passa a ser melhor aproveitada para formar uma visão sistêmica dos sistemas e processos. Dessa forma, ela provê o diagnóstico que permite identificar pontos de atenção e ajuda a visualizar oportunidades de melhoria.

Por isso, esteja preparado para continuar mostrando o valor de integrar TI e negócios nas empresas. Com conhecimento, foco, estratégia e versatilidade, a tecnologia quebra barreiras e faz a diferença!

Escrito por: Aloisio Arbegaus — Diretor Comercial da Teclógica

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *