Ativos de TI: saiba como otimizar a gestão na sua empresa

Diferentemente do que muitos profissionais de TI acreditam, dispor de uma robusta infraestrutura, embora seja fundamental, não é suficiente para garantir a alta performance nos processos e agilidade nas entregas. Dessa forma, tão importante quanto possuir bons ativos de TI é gerenciá-los com eficiência, de modo a otimizar seu uso e potencializar os resultados.

Otimizar a gestão de ativos de TI pode não ser tão simples, pois exige conhecimento sobre toda a infraestrutura e, em muitos casos, habilidades específicas para lidar com um grande volume de dispositivos, sistemas e pessoas. Cada item deve estar no seu devido lugar, operante e servindo de apoio para os profissionais certos e na hora exata.

Continue a leitura deste artigo e entenda um pouco mais sobre a importância de se aprimorar a gestão de ativos de TI na sua empresa!

Gestão de ativos de TI: devo me preocupar?

Sem dúvida alguma, a gestão de ativos em uma empresa é um ponto sensível das operações, para a qual os gestores devem dedicar uma atenção especial.

Uma gestão assertiva e eficiente é a base para operações consistentes, bem direcionadas e perfeitamente alinhadas. Em outras palavras, a empresa pode obter máximas produtividade e qualidade a partir dos ativos de TI que têm a seu serviço.

A grande importância está na potencialização de cada um deles, assim nenhuma ferramenta, dispositivo ou equipe é subaproveitada ou sobrecarregada. Toda a carga de trabalho é homogeneamente distribuída, demandando de forma precisa cada item do inventário da organização.

Nesse ponto, há que se mencionar que a gestão impõe um maior controle sobre os ativos, identificando eventuais falhas e inconsistências e, assim, viabiliza uma rápida solução. Como reflexo, o controle mais profundo da infraestrutura de TI também reforça a tomada de decisões.

Investimentos são necessários?

Um dos braços de uma gestão de ativos eficiente é aplicar um bom roteiro de atualizações. Equipamentos obsoletos e desatualizados acabam comprometendo a qualidade das entregas e dificultam a gestão, por não se integrarem muito bem como sistemas mais modernos.

Desse modo, investimentos contínuos no setor de TI são fundamentais, tanto em questões de infraestrutura física ou lógica (hardwares, softwares, dispositivos móveis, etc) quanto de recursos humanos. Afinal, as equipes necessitam estar devidamente alinhadas com o nível de sofisticação dos ativos da empresa para que possam extrair o máximo de desempenho.

Como otimizar a gestão?

A otimização da gestão é resultado de uma série de ações, cada uma com seu papel nesse processo. Como exemplos de ações estratégicas para melhorar esse quesito, podemos citar:

Mapeamento dos ativos

Antes de qualquer tipo de intervenção na infraestrutura da empresa, é preciso conhecer bem cada um dos seus elementos. Assim, o mapeamento dos ativos é uma etapa crucial para se identificar os pontos de atenção, gargalos e em que itens devem-se focar os investimentos.

Coleta de feedbacks dos colaboradores

Os profissionais que lidam diariamente com os ativos podem servir de norte para grande parte do aperfeiçoamento. Ouvir a opinião deles é essencial para entender o funcionamento da infraestrutura, seus pontos fortes e também os sensíveis.

Desse modo, é válido realizar intervenções e atualizações, priorizando os pontos que trarão maior ganho de produtividade para a empresa.

Foco na integração

Gerir ativos de TI não é tarefa fácil, especialmente quando se lida com uma grande quantidade. Por isso, a integração é um elemento indispensável em empresas. A utilização de sistemas de coleta de dados e centralização de informações é a chave para uma maior visibilidade do inventário e, consequentemente, serve de apoio para as melhorias.

Por que contar com parceiros especializados é importante?

Quando se trata de organizações com um vasto aparato técnico e humano, a gestão de TI necessita ser muito mais profunda e sistemática para que os resultados surjam. Nesse contexto, estar alinhado com parceiros especializados, que agregarão qualidade e valor à sua expertise, é sem dúvida uma decisão acertada para atingir maior eficiência nos processos.

Esse apoio permite uma maior flexibilização e um suporte mais efetivo dos ativos de TI, mantendo o equilíbrio entre seus custos de atualização e prioridades no cronograma de aquisição.

Gostou deste post e quer ter apoio da gestão de ativos de TI na sua empresa? Podemos lhe ajudar. Entre em contato conosco e conheça nossas soluções!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *