A importância da gestão de desempenho de TI

 

shutterstock_27526639

Hoje em dia, a tecnologia tem se tornado uma grande aliada da boa gestão dos negócios, auxiliando as companhias no alcance de maior produtividade, controle e melhor desempenho de equipes, além de uso adequado das informações estratégicas para ganhar vantagem competitiva, descobrir novos mercados e explorar oportunidades.

Mas, fato é que o uso de soluções tecnológicas só produzirão bons resultados neste sentido caso seja feito um bom trabalho de governança de TI. Afinal, a boa gestão de TI é responsável por gerenciar não só a infraestrutura e os componentes físicos de acordo com a demanda (garantindo sua estabilidade e performance ágil), como também o bom desempenho de programas e a integração de todo o sistema para maior interação de dados, a fim de prover base para o bom funcionamento dos trabalhos, suporte às tarefas e geração de análises consistentes que ajudem no processo de tomada de decisões e na obtenção de maior controle sobre os negócios.

Conheça agora as principais vantagens de estabelecer uma boa governança de TI em sua empresa:

Elevação do nível de segurança

Automatizando processos burocráticos e contando com um adequado sistema de monitoramento, é possível estabelecer um modelo de gestão de desempenho e TI que permita garantir a segurança da informação na medida certa, de forma a aumentar sua disponibilidade para quem tem acesso autorizado e depende dela para realizar seus trabalhos e também utilizá-la de forma estratégica, bem como liberar o gestor para focar nos projetos de sua área.

Com uma boa gestão de TI, é possível elevar a segurança e proteção das operações e dos próprios dados. Neste sentido, a boa gestão compreende ter soluções de TI integradas que funcionem com um bom equilíbrio entre software e hardware a fim de prover estabilidade (o que já evita desastres ou panes que ocasionariam perda de informação) e também proporcionem maior controle.

Maior visibilidade e intervenção em riscos

O monitoramento adequado do ambiente de TI permite ver melhor tudo o que acontece no setor, o que lhe falta, quais dificuldades técnicas enfrenta, prever problemas, antecipar-se aos riscos e minimizá-los. Monitoramento e o suporte técnico certo pode garantir tranquilidade e menos perdas, além de diminuir imprevistos e reduzir incidentes.

Podendo intervir a tempo em situações de risco, a empresa consegue poupar recursos e evitar contratempos danosos. E os resultados disso se refletem em todo o negócio, inclusive aumentando as chances de crescimento, afinal, se a área de TI vai bem, evita-se desperdícios e é possível gerar relatórios de análise precisos que permitam enxergar oportunidades e driblar dificuldades.

Podemos ver então que os esforços de TI caminham no sentido de integrar tecnologia, pessoas e processos sempre da melhor forma a fim de extrair o máximo do potencial das equipes e da própria empresa.

Ganho de tempo e autonomia para decisões

No caso de empresas, é bem verdade que tempo significa dinheiro. Um bom gestor que não perca tempo resolvendo problemas técnicos consegue maior autonomia para tomar decisões estratégicas, tendo estrutura mais estável e organizada para desenvolver melhor seus projetos da área e podendo ter mais foco no business. Tomar decisões devidamente pautadas em levantamentos é essencial.

Estabelecer e analisar o conjunto de serviços que ofereçam todo o suporte e infraestrutura de que a empresa precisa, por meio da implementação de soluções inovadoras para fazer a área de TI funcionar melhor e mais integrada em todos os sentidos, de modo que esta integração e o adequado monitoramento gere mais eficiência é, inclusive, uma de suas funções. Integrar tecnologias e mobilidade traz agilidade e praticidade, mas também requer controle constante. Buscar uma empresa especializada que ofereça a melhor relação custo x benefício no acompanhamento desta gestão, além das mais modernas e eficazes ferramentas aliadas a tal tarefa, pode ser a melhor saída.

Otimização de todos os setores

A boa gestão de TI ajuda a controlar melhor as finanças, as operações comerciais (pagamentos, comércio eletrônico conectado ao mobile, suíte de aplicativos, carteira eletrônica, entre outras), também exercendo melhor controle sobre o desempenho de funcionários e níveis de resultados.

Essa gestão afeta o financeiro, não só ajudando a controlar melhor a rotina que envolve o dinheiro, como também auxiliando a melhor gerenciar os ativos e a diminuir custos com desperdícios, o que pode facilitar o trabalho de ver onde é possível empregar os recursos poupados para investir na expansão do negócio.

Há soluções integradas que ajudam a melhor gerenciar também o RH e podem ser vistas como aliados das próprias equipes que conseguem aumentar sua produtividade por meio do compartilhamento facilitado de informações essenciais entre os clientes internos, guiar seu rendimento por meio de ferramentas de mensuração e ter melhor visão dos trabalhos. Ou seja, há benefícios em todos os âmbitos.

E você, será que está fazendo uma boa gestão de desempenho e TI? Compartilhe sua experiência nos comentários!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *