4 ferramentas essenciais para o gerenciamento de TI

O Gerenciamento de Serviços de TI, do inglês, ITSM (IT Service Management) tem por objetivo cumprir de forma sistêmica o verdadeiro papel da TI nas organizações: o gerenciamento. Toda a infraestrutura de TI das empresas, sejam softwares ou hardware, são somados com o objetivo único de automatizar e organizar processos, reduzir custos, gerenciar e promover crescimento de forma organizada.

A Governança de TI tem a tarefa de utilizar os recursos internos de TI de forma a “governar” com excelência. Neste post vamos conhecer alguns desses recursos, ferramentas essenciais ao gerenciamento de TI.

Monitores de rede e infraestrutura

Atualmente é difícil imaginar uma empresa não interligada em uma rede de computadores. Desde pequenas a grandes corporações, tudo deve estar interligado. A rede corporativa passa a ser o recurso mais precioso para o dia a dia da empresa. E-mails, banco de dados, arquivos, tudo precisa estar disponível e em perfeito funcionamento e, caso ocorra algum problema, o mesmo deve ser solucionado no menor tempo possível.

Neste contexto, os monitores de rede e infraestrutura são ferramentas que permitem monitorar os servidores da rede corporativa e enviar avisos aos responsáveis de forma que eles possam resolver os problemas antes mesmo que a equipe precise utilizar os recursos.

Estas ferramentas também ajudam na prevenção, indicando necessidades de manutenção e troca de equipamentos. Além disso, podem informar até mesmo o recurso com falha, permitindo uma ação mais focada por parte dos administradores da rede.

Bônus: Guia completo para implantar um Service Desk na sua empresa

Sistema de comunicação por voz e SMS

Ter um sistema de comunicação por voz e SMS interligado aos sistemas de monitoramento constitui mais uma ferramenta de apoio à Governança de TI e ao Gerenciamento de Serviços de TI. Estas ferramentas seguem o padrão ICS (Incident Command System) ou Sistema de Comando de Incidentes, e fornecem a funcionalidade de enviar notificações por voz e SMS referente aos incidentes na rede corporativa.

Gestão de Ativos de TI

A Gestão de Ativos é um importante aliado na redução de custos. Sabemos que os investimentos em TI são altos, porém necessários ao crescimento organizacional de forma que as empresas de tornem competitivas. De fato, muitas empresas não sabem exatamente quantos equipamentos possui, quantos são utilizados ou quem os utiliza. Nesse contexto, ocorrem perdas ou roubos de ativos, gerando uma perda de capital relevante. Ter o controle exato de  softwares, equipamentos, licenças em uso e também relatórios do número de licenças disponíveis e equipamentos em utilização, são papel das ferramentas de gestão de ativos de TI e podem evitar gastos desnecessários e perda de ativos.

Gestão de mudanças de TI

Os serviços em infraestrutura de TI são os que mantêm as operações de negócio de uma empresa. O papel da Gestão de Mudanças de TI é planejar, controlar e suportar as mudanças necessárias nesses ambientes de forma que os processos não sejam interrompidos. As ferramentas de Gestão de Mudanças minimizam os riscos de impactos que possam gerar indisponibilidade dos processos internos.

O Gerenciamento de TI é um assunto amplo. Mostramos aqui 4 ferramentas essenciais para uma governança mais madura e consciente! Você pode saber mais em outro post muito interessante em nosso blog. Não deixe de acompanhar e também de conhecer as nossas soluções nesse segmento. Até o próximo artigo!

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *